Livro nº 129: Quando Nietzsche chorou, de Irvin D. Yalom

 

A dica literária de hoje é para quem ousa se aventurar em duas das áreas mais enigmáticas do conhecimento humano: a Psicanálise e a Fiolosofia.

Quando Nietzsche Chorou
, Irvin D. Yalom, é um romance que tem como personagens principais homens que mudaram para sempre a compreensão que a humanidade faz de si mesma.

De um lado, o filósofo alemão Friedrich Nietzsche, famoso por questionar as religiões e por desafiar as pessoas a enfrentarem a si mesmas, sem disfarces.

De outro, o médico austríaco Josef Breuer, amigo e mentor de Sigmund Freud, que deu os primeiros passos para o desenvolvimento da Psicologia moderna.

 

 


– Conheça o Clube Ipê Amarelo: www.clubeipeamarelo.com.br
– Seja Padrinho do Ler Antes de Morrer: www.padrim.com.br/lerantesdemorrer
* Veja também a crônica do Rubem Alves (mencionada no vídeo)


 


Quando Nietzsche Chorou
não foi o único livro de ficção que Irvin Yalom escreveu inspirado em personagens históricos. Outros best-sellers mundiais do autor, como A cura de Schopenhauer e O Problema Espinosa, também aproximam o público leigo de grandes filósofos do passado, bem como dos complexos mecanismos da Psicoterapia.

Talvez seja por isso que Quando Nietzsche Chorou seja considerado por alguns leitores um livro difícil e cansativo.

Esta é uma história de ação e aventura que se passa não deserto do Arizona ou numa Galáxia Muito Muito Distante, e sim nas profundezas da alma dos personagens.

Nossas mentes são mais vastas que a Terra Média, mais cheias de câmaras secretas que o Castelo de Hogwarts, mais traiçoeiras que Westeros.

Se você for capaz de enfrentar estes monstros que moram aí dentro da sua cabeça, você é capaz de qualquer coisa.